terça-feira, 5 de março de 2013

Dois Símbolos Satânicos no Vaticano



O Obelisco e a Roda das Oito Etapas




O que estariam fazendo dois símbolos cultuados e adorados por maçons, ocultistas e satanistas de todo o mundo, no centro da Praça da Basílica de São Pedro, no Vaticano?


Símbolos da Alta  Magia que juntos e unidos em perfeita sincronia representam o Grande Ato Sexual em um local onde padres e sacerdotes são Celibatários, proibidos de se casarem ou terem relações sexuais?


Sabemos que muito dos símbolos adotados pela igreja romana vieram ou foram importados do paganismo e das religiões de mistérios babilônicos, egípcios, persas, sumérios, etc. Porém, a presença destes dois símbolos mágicos da Alta Magia (que unidos representam o Grande Ato Sexual) no centro da Praça do Vaticano, chega a ser uma aberração...


Vamos estudar o significado de cada um destes símbolos.


O Simbolismo do Obelisco



O que é um obelisco, você pode perguntar. Um obelisco é um pilar de pedra (coluna) bem alto, de quatro lados, que termina no alto com uma pirâmide. O obelisco é criticamente importante para os maçons, ocultistas e satanistas, porque eles creem que o espírito do antigo deus egípcio do sol, Rá, habita no obelisco. Assim, o obelisco representa a presença do deus sol, que a Bíblia chama de Satanás!

Obelisco
Existem poucos obeliscos grandes no mundo. De acordo com Epperson em seu livro, “The New World Order”, o primeiro grande obelisco foi trazido do Egito e implantado na Praça da Basílica de São Pedro, no Vaticano, e está posicionado de tal forma que todo Papa ao falar à multidão na praça, encara o obelisco de frente.

Um autor de livros de “Nova Era”, Peter Tomkins, informa os mesmos fatos em seu livro “The Magic of Obelisks”, Harper and Row, New York, 1982.


Mas, o que são ‘obeliscos’ e a que se destinam? O autor de “Nova Era” Peter Thomkins descobriu a resposta. Pesquisando o assunto, ele "encontrou o mundo escuro da feitiçaria, do vodu, da demonologia, e os recônditos ocultos da mente humana". 


Em outras palavras, esse autor de Magia Branca descobriu que os obeliscos representavam o mundo do praticante da Magia Negra! O propósito do obelisco era adorar o antigo deus egípcio do Sol, chamado Rá. 


Na página 6, Thomkins mostra um grande obelisco com esta inscrição, "O obelisco em Heliópolis é o mais antigo que existe no Egito. Com vinte metros de altura, pesa 121 toneladas... Heliópolis, como seu Templo do Sol, seus 13.000 sacerdotes cantando mantras diante de um enorme espelho de ouro polido, o falcão sagrado na gaiola de ouro, o bezerro sagrado Menphis, era o grande centro tecnológico do antigo Egito.". 


Lembra-se do antigo deus do Sol, Rá? Em Êxodo 10:21-23 vemos que Deus fez cair densas trevas sobre toda a terra do Egito, para demonstrar que era mais poderoso que o reverenciado deus do sol, Rá. As trevas que cobriram o Egito foram tão intensas que as pessoas não podiam sair de suas casas. Essa praga durou três dias. No entanto, nas moradias dos israelitas, a luz natural brilhava!


Deus fez as trevas caírem sobre o Egito como julgamento pela adoração do deus-sol Rá! Parabéns, maçons, vocês estão adorando um dos deuses pagãos a quem Deus já julgou!



Os ocultistas dedicados encurvam-se três vezes ao dia diante do obelisco, pois acreditam que o espírito do deus egípcio Rá, habita nele.



Os obeliscos foram criados originalmente pelos Mistérios Egípcios, e são mencionados na Bíblia. Veja:



"... o rei Jeú disse aos guardas e aos capitães: Entrai, feri-os, que nenhum escape. Feriram-nos ao fio da espada; e os da guarda e os capitães os lançaram fora e penetraram no mais interior da casa de Baal, e tiraram as colunas (obeliscos) que estavam na casa de Baal, e as queimaram. Também quebraram a própria coluna (obelisco) de Baal, e derrubaram a casa de Baal, e a transformaram em latrinas até o dia de hoje. Assim exterminou Jeú de Israel a Baal." [2 Reis 10:25-28].



O Deus Todo-Poderoso ordenou que os obeliscos satânicos (colunas) fossem queimados, mas somente após o rei Jeú executar os adoradores do obelisco, também conhecidos como adoradores de Baal.



A parte absolutamente mais negra do satanismo é o falicismo, ou seja, a adoração do órgão sexual masculino ereto. O obelisco é o principal símbolo dessa adoração, e é a razão por que vemos obeliscos por toda a parte associados com a Maçonaria! Já é hora de deixar de ser enganado, você não acha?



Veja o que Albert Pike disse a respeito dos obeliscos: "Daí a importância do falo, ou de seu substituto inofensivo, o obelisco, erguido como um emblema da ressurreição pelo túmulo da Deidade enterrada..." [“Moral and Dogma”, página 393].



Agora, você sabe qual é a explicação para os obeliscos nos túmulos de todos os maçons.


Assim, a Maçonaria dedica-se à adoração aos obeliscos, que foi punida por Deus com a pena de morte. Tenha isso em mente na próxima vez que você contemplar o obelisco no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, ou qualquer outro, como na cidade de Washington, ou na Praça de São Pedro, no Vaticano!


O Monumento a Washington (EUA) é o símbolo fálico mais famoso do mundo, também conhecido no satanismo como um obelisco. Os maçons e outros ocultistas têm reverência absoluta por esse falo


O Monumento a Washington é simplesmente um obelisco da religião de mistérios egípcios, e representa o falo ereto do deus Baal! É difícil pensar em um símbolo satânico mais repugnante que o obelisco


Todos os ocultistas literalmente adoram Rá, o deus-sol egípcio, e acreditam que ele reside em todo obelisco. Ao "encarar o obelisco" uma pessoa também está adorando o maligno espírito satânico que está dentro dele.


O obelisco do Monumento a Washington representa um pênis ereto de Baal de 169 metros de altura, em estado de excitação! É claro que Deus fica ofendido!


Ele foi construído com um círculo em volta. O círculo representa o órgão sexual feminino para os ocultistas. 


Assim, quando o obelisco (o pênis ereto de Baal) é colocado bem no centro de um círculo, os satanistas acabaram de representar o Grande Ato Sexual.


Portanto, quando o Monumento a Washington foi construído com um círculo em volta, o símbolo do Grande Ato Sexual foi criado!


Fico entristecido toda vez que vou a um cemitério e vejo um pequeno obelisco em alguns túmulos. Aquelas pobres pessoas quase com certeza foram maçons, e na morte, escolheram um símbolo de infâmia para enfeitar seus túmulos. Que triste!


 A Roda das Oito etapas

 
Roda das Oito Etapas

Demonstraremos que a Igreja Católica Romana há muito tempo incorpora símbolos satânicos dentro de seus templos e na forma de adoração. O segundo símbolo satânico que examinaremos é a "Roda das Oito Etapas para a Iluminação". 


Como você pode ver, esse símbolo lembra a roda de uma carroça. Os satanistas creem que uma pessoa precisa passar por oito etapas para atingir total iluminação espiritual. Essas etapas estão relacionadas a seguir:



As Oito Etapas 


1.Os feiticeiros noviços aprendem a atrair grande energia psíquica pessoal;


2.O vinho - simboliza a liberação das inibições;



3.Meditação - esforço para contatar seres espirituais superiores, seus espíritos familiares;



4.Flagelação - Chicotear-se para purificar o espírito;



5.Dança - Formação de um círculo, girando para dentro para liberar a energia psíquica;



6.Encantamentos e Ritos - Esses encantamentos e ritos são predefinidos e permitirão que o feiticeiro conjure e force os demônios a fazerem o que ele quiser;



7.Amarração - Durante a Cerimônia de Iniciação, o iniciado é amarrado com uma corda, para criar uma jaula de demônios;



8.Grande Rito - Sexo real entre homem e mulher para "participar na Força de Regeneração da Vida do Universo". 


Os satanistas adoram o princípio do Masculino e do Feminino em toda a natureza, como o símbolo do perfeito equilíbrio. A união sexual entre homem e mulher é adorada como o ato que produz a fertilidade da regeneração. Os satanistas adoram o sexo.


Agora você pergunta, "O que esse símbolo tem que ver com a Igreja Católica Romana?” Observe atentamente as duas próximas figuras. 


Figura 6

Na Figura 6, você vê a parte frontal de Igreja Católica Romana na cidade de Attleboro, mas com certeza, também poderá observar isso em muitos outros templos católicos. No meio do edifício, no alto, entre as duas colunas, está a Roda das Oito Etapas para a Iluminação! Neste ponto, você pode dizer, "Mas isso é apenas uma coincidência! Não significa que a Igreja Católica pratique satanismo.".

Olhe agora com atenção para a vista aérea da Basílica de São Pedro [Figura 7], tirada de uma revista de turismo italiana. Observe atentamente a grande área livre no primeiro plano da foto. Consegue ver que esse círculo é a mesma Roda das Oito Etapas para a Iluminação?

 Figura 7

As multidões de fiéis católicos não têm a menor ideia que estão se ajoelhando diante da Cruz Vergada, carregada pelo Papa, o símbolo do Anticristo, e aqueles que visitam o Vaticano para ouvir alguma preleção do papa ficam em pé no meio da Roda Satânica das Oito Etapas!
Agora, observe o monumento vertical no centro do círculo. Você sabe o que é? É um obelisco
O obelisco foi criado pelos egípcios durante o tempo de esplendor da sua civilização. Um dos maiores obeliscos foi criado e dado como um presente a Cleópatra, rainha do Egito, no primeiro século antes de Cristo. 
"Os egípcios desenvolveram os meios de colocar esses enormes blocos de granito diretamente em um pedestal cúbico que tinha que estar absolutamente alinhado para que o obelisco ficasse na vertical..."
No entanto, os primeiros obeliscos podem ter sido criados no século XVI a.C. 
Em 2 Reis 10:26-28, vemos o juízo de Deus cair contra a casa de Acabe. Jeú, o novo rei, atuando sob as ordens de Deus, começou a erradicar a adoração a Baal de Israel. "E tiraram as colunas da casa de Baal, e as queimaram. Também quebraram a própria coluna de Baal, e derrubaram a casa de Baal, e a transformaram em latrinas até ao dia de hoje. Assim Jeú exterminou de Israel a Baal."

O Comentário Bíblico Amplificado observa que essas "colunas" que foram destruídas da casa de Baal eram obeliscos
Os satanistas do Egito acreditavam que o espírito do deus sol, Rá, habitava nos obeliscos. Portanto, os seguidores dessa religião egípcia adoravam o espírito de Rá. Eles deviam olhar para um obelisco de preferência três vezes por dia. A adoração ao deus sol foi preservada nas sociedades secretas até o dia de hoje, e os adoradores "olham para o obelisco diariamente!” 
Após o declínio da civilização egípcia, os pagãos na Europa começaram a adquirir vários obeliscos e a transplantá-los em várias cidades europeias. 
"Os romanos levaram vários obeliscos do Egito, para serem erguidos em diversas cidades da península italiana. Por exemplo, o imperador Augusto, transplantou um obelisco gigante para Roma, colocando-o no Circo Romano.”
Depois, quando o Império Romano se desintegrou, a Igreja Católica começou a crescer em poder e influência até que assumiu total poder, tanto espiritual quanto político. 
O Vaticano adquiriu então um antigo obelisco egípcio e transplantou-o para a Praça da Basílica de São Pedro.

Portanto, sempre que o papa aparece para falar à multidão de fiéis reunidos na praça, ele olha de frente para o obelisco, exatamente como um bom pagão faria, contemplando o símbolo do Grande Ato Sexual.
Assim, vemos que a Igreja Católica Romana utiliza dois símbolos satânicos na Basílica de São Pedro, o obelisco e a Roda das Oito Etapas para a Iluminação
Agora, olhe atentamente para a Figura 7 e observe que o obelisco está situado exatamente dentro do círculo interno no centro da Roda das Oito Etapas. Os satanistas sabem bem o significado desse posicionamento do obelisco. Eles adoram a deusa da fertilidade e o deus chifrudo. 
É exatamente isso que está ilustrado aqui na Basílica de São Pedro. O sexo é representado pelo obelisco colocado exatamente no centro da Roda das Oito Etapas para a Iluminação! É interessante frisar que todos os membros do Vaticano são celibatários. Não se casam e nem podem praticar o ato sexual. 
E os fiéis católicos de todo o mundo não têm a menor ideia do que sua igreja vem fazendo todos esses anos. Há vários séculos que a Igreja de Roma incorpora muitas práticas pagãs em suas doutrinas, rituais e símbolos, e simplesmente lhes dá nomes cristãos. 
Mas agora, no fim dos tempos, os eventos estão formando um círculo completo: Satanás manobrou a Igreja Católica e o papa para uma posição que onde ele está se preparando para assumir o manto de líder espiritual no Reino do Anticristo, conhecido como Nova Ordem Mundial. 
Verdadeiramente Jesus estava correto quando advertiu que uma das principais marcas características do fim dos tempos será o engano espiritual. Esse engano não terá nada similar na história. 
Há confirmações também de que, dentro do Vaticano, existem duas lojas maçônicas. Isto é, além dos Dogmas e muitas Doutrinas de Demônios, o Vaticano uniu-se a maçonaria para concluir seus planos diabólicos de preparar a vinda do anticristo. 
Não se deixe enganar! Se você é um católico romano, sua alma é muito preciosa e Jesus Cristo morreu na cruz por você. 
Agora, chegou a hora de sair dessa falsa igreja cristã, de arrepender-se de seus pecados e confessá-los diretamente a Deus, aceitando o DOM GRATUITO da Salvação e o perdão pelos seus pecados. Comece a confiar somente em Jesus Cristo como seu Salvador e Senhor. Esta é a simples verdade do evangelho. 
Caso contrário, em breve chegará o tempo em que você verá o papa assentado ao lado do Cristo da Nova Era [o cristo maçônico ou Anticristo], exibindo os mesmos poderes ocultos e operando os mesmos sinais e maravilhas, exercendo o papel do Falso Profeta que é descrito em Apocalipse 13. O papa incentivará todos os católicos e todos os habitantes do mundo a adorar o Anticristo. 

Logo após esse evento terrível, o Falso Profeta fará com que todos declarem sua lealdade ao Anticristo, e como sinal dessa lealdade, recebam uma marca eletrônica na mão direita ou na fronte, em cumprimento direto de Apocalipse 13:16-18. 
Fiquem advertidos de antemão que todos os que receberem essa marca estarão condenados para sempre e serão lançados no lago de fogo! (Leia Apocalipse 14:9-11).
Não se engane. A batalha espiritual está crescendo e agora podemos ver claramente o papel que a Igreja Católica e seu papa exercerão no fim dos tempos. (Leia Apocalipse 17).

Gil Corrêa
Diretor, Escritor e Pesquisador.
O Portal do Saber - 2013



Nenhum comentário:

Postar um comentário